20 de set de 2008

Dica - Ponto Cruz

Um pouco sobre o ponto cruz


É um trabalho fácil. Pode-se usar qualquer revista de ponto cruz (nacional ou importada). Os gráficos que auxiliam na execução do trabalho possuem um símbolo para cada cor de linha. É necessário que se tenha à mão linha, agulha e tecido de trama simétrica.



SOBRE OS GRÁFICOS: Cada quadrado do gráfico representa um espaço onde poderá ser feito um ponto de cruz. O símbolo mostrado no quadrado especifica a cor a ser usada e é mostrado na lista de símbolos de cores. Os fabricantes usam números para representar as cores. Elas são universalmente iguais, por isso, o resultado será perfeito.

SOBRE OS TECIDOS: Há o etamine, o cânhamo, as mantas, tolhas de banho e de rosto, babador, panos de prato... tudo que a imaginação mandar. Por definição, estes tecidos são feitos com a mesma quantidade de fios na horizontal e na vertical . O ponto cruz é feito na intercessão dos fios. Pelo fato de o número de fios em cada direção ser igual, cada ponto de cruz será do mesmo tamanho e, perfeitamente quadrado.

SOBRE OS FIOS: O mais popular de todos os fios para ponto de cruz é a linha de algodão com seis fios, mundialmente conhecida como mouliné. Ela pode ser dividida em um, dois ou mais fios ao mesmo tempo. A maioria dos gráficos traz listadas as referências de meadas Anchor e DMC.




SOBRE AS AGULHAS: Agulhas pequenas, sem ponta, tamanhos 22, 24 e 26 são usadas para bordar. Quanto maior for o número, menor será a agulha. Use um tamanho de agulha que lhe facilite a colocação dos fios solicitados. Não utilize uma agulha grande para uma trama pequena, o que pode prejudicar a própria trama do tecido. A agulha com a linha precisa deslizar perfeitamente pela trama do tecido. Para se ter um trabalho confortável, sugere-se de usar a linha com 50cm de comprimento.


Nenhum comentário: